blog featured image

Dua Lipa mostra os altos e baixos de ser um artista revelação

September 10, 2016|by  Sophia|no comments

Estrelato do rock e o estilo de vida que vem com isso continua sendo uma das grandes fantasias da maioria das pessoas. A razão é mostrada por VH-1’s Behind The Music e The Osbournes  e até The Voice terem se tornado tão popular e a infinita fascinação do público com o que é trabalhar como músico.

Há muitos momentos glamourosos, como no caso da Inglaterra Dua Lipa, a cantora/compostora/modelo de 21 anos que está fazendo um grande nome para si mesma com uma série de singles de sucesso, incluindo o top 50 do Reino Unido  “Hotter Than Hell” e “Blow Your Mind (Mwah).”

No início deste ano ela se apresentou em Glastonbury, aparecendo na mesma conta e poster do festival que Adele e Coldplay, uma realização que ainda a deixa cambaleando em um bom caminho.

Enquanto ela tenta se misturar nos EUA, em 2016 ela fez sua estréia nos festivais do país com o Lollapalooza e teve uma ajuda na carreira com o The Tonight Show With Jimmy Fallon nos altos de seu desempenho no Lollapalooza.

Ao mesmo tempo, a pressão de estar sempre ocupado pode ser uma distração para um artista revelação. ” Eu sinto que eu recebo muitos pontos altos por fazer este trabalho e com algumas elevações vem alguns baixos. E tudo acontece em medidas drásticas.”  Dua diz. “Ou você está realmente, realmente feliz ou você está realmente triste porque, eu acho, sua mente não sabe o que está acontecendo e você não entende o que está acontecendo ao seu redor.

Para entender e digerir tudo isso, Lipa adiou seu álbum de estréia para fevereiro do próximo ano. É uma escolha difícil de se fazer vindo de muita agitação, mas para Lipa ela tinha que seguir seu instinto. “Eu estava muito perto de estar apenas ok com o lançamento do jeito que estava e não muda-lo.ela diz. “Eu não tive muito tempo para sentar e escrever e eu senti que se eu adiasse o lançamento eu teria a oportunidade de ter cinco dias e apenas falar sobre essa experiencia e o quão agitado e tão louco isso é.

Vivendo sem parar da industria da música, turnês e viajando, Lipa precisa do catarse de escrever para entender o ritmo de andamento. “Agora quando eu vou para o estúdio eu vou voltar a ter todas as notas que eu escrevi nesses quartos de hotel e todas essas coisas que passam na minha mente antes de eu ir para a cama e todas essas notas que eu escrevo quando eu acordo no meio da noite.ela diz. ” Tudo que está acontecendo é tão louco e eu realmente não posso chegar ao controle de tudo isso. Eu estou esperando que com a música eu seja capaz de dizer.”

Em Glastonbury, Lipa teve a oportunidade de assistir Adele e Coldplay de perto, então ela está recebendo o treinamento para o trabalho por um dos melhores. Para ela, ser capaz de ver esses shows é uma experiencia incrível. ” Eu tenho muita inspiração pelas apresentações das pessoas, eu gosto de assisti-los, o que eles fazem no calmo, eu amo ler entrevistas de outros artistas e apenas ver o processo deles e ver o quão similar ou não similar é com o meu.” ela diz.

Tradução e adaptação: Dua Lipa Brasil
Fonte: Forbes

ADD COMMENT

*